Entretenimento

TV’s da LG Electronics recebem selo de recomendação da Netflix

Os mais novos modelos de TV da LG Electronics receberam o selo de recomendação da Netflix pelo terceiro ano seguido. A empresa de conteúdos via streaming avaliou que os produtos da marca oferecem performance superior e experiências de visualização com conteúdos da Netflix.

As TV’s passaram por um processo de avaliação que consiste na classificação da facilidade de acesso e de performance. Os modelos UHD de 2017 trazem um botão exclusivo para a Netflix no controle remoto. Desta forma, os usuários podem ligar a TV e acessar a plataforma apertando um único botão. As novas TVs da LG vêm com a última versão da Netflix, com acesso ao serviço direto da tela inicial.

Além disso, a linha de 2017 vem com tecnologia 4K HDR, permitindo que títulos da Netflix sejam exibidos com mais definição, cores mais precisas e maior alcance. A LG garantiu a compatibilidade de toda a coleção 2017 de TVs premium da marca com todos os formatos HDR ativo.

O que realmente significam essas mudanças na prática? Desta forma, o aparelho vai exibir cenas com mais detalhes dos conteúdos HDR, como Dolby Vision, HDR10 e HLG. Entre as séries que que podem ser vistas nessa alta definição, estão o recém-lançado Punho de Ferro, da Marvel, The OA e Chef’s Table.

O presidente da LG Electronics, Brian Kwon, diz que estão orgulhosos pelo reconhecimento da Netflix. “Por causa desse reconhecimento, continuaremos buscando formas de oferecer, aos proprietários de Smart TV, acesso mais rápido e fácil a conteúdos 4K HDR e uma experiência de visualização mais agradável com nossas TVs.”

Além disso, o vice-presidente de ecossistemas de dispositivos parceiros da Netflix, Scott Mirer, elogiou a tecnologia da LG. “A LG tem sido líder de indústria na entrega de excelente acesso à Netflix e performance [do serviço] em suas Smart TVs. As TVs Recomendadas pela Netflix da coleção 2017 da LG dão continuidade a essa liderança e oferecem aos nossos associados uma experiência ainda melhor com a Netflix.”

Clique aqui para comentar ( )